Critérios de Avaliação

Para os Prémios  das Categorias Setoriais e Especiais,   a avaliação terá em conta 4 critérios principais:
– Nível de criatividade;
– Qualidade de execução;
– Grau de inovação e;
– Eficácia.

A avaliação do Prémio de Media Innovation terá em conta, para além dos anteriores,  os seguintes critérios adicionais:
– Arquitetura de informação,
– Modelo de navegação e;
– Usabilidade.

No Prémio Melhor Estratégia Social Media  não se pretende avaliar a criatividade das peças (trabalho desenvolvido pelas agências criativas), mas sim as soluções criativas aplicadas à sua difusão e desenvolvidas na utilização dos media.

As atribuições dos Prémios Agência Criativa  do Ano e Agência de Meios do Ano são efetuadas tendo por base os troféus ganhos pelos trabalhos nas restantes categorias de prémios, ou seja, são atribuídas à agência criativa  e à agência de meios com o maior número de trabalhos em shortlist.

A atribuição do Prémio Anunciante do Ano são é efetuada o anunciante que tenha, em simultâneo, o maior número de trabalhos concorrentes aos Prémios Setoriais e aos Prémios Especiais.

A atribuição do Prémio Campanha do Ano o é efetuada o à campanha que  tenha maior pontuação acumulada nos Prémios Setoriais e nos Prémios Especiais Melhor Plano de Meios Integrado e Melhor Plano de Meios Digital.


PRÉMIOS

A atribuição do prémio traduz-se no reconhecimento do mérito dos trabalhos apresentados nas categorias Setoriais e Especiais e Grandes Prémios do Júri e a entrega do respetivo troféu comprovativo é feita na cerimónia de entrega de prémios, a realizar no dia 20 de Outubro de 2016  em local e hora a anunciar posteriormente pela MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A. Os vencedores são divulgados no site dos Prémios SAPO e em vários artigos de imprensa.

Para mais informações, consulte o Regulamento